X

Elenco dos sonhos para um remake ou reboot de A Família Addams

Longa comemora 25 anos de lançamento em meio a boatos de uma nova versão

Por Carla Braga - 22 Nov 2016 às 16:48h

No dia 22 de novembro de 1991, há exatamente 25 anos atrás, chegava aos cinemas internacionais o filme A Família Addams. Baseado na série televisiva de mesmo nome dos anos 60, que, por sua vez, inspirou-se nos quadrinhos da década de 30 do cartunista norte-americano Charles Addams, o longa foi um sucesso absoluto de crítica e bilheteria, somando seis vezes mais o valor do seu orçamento e ganhando uma continuação dois anos depois.

Os personagens desses dois filmes são, extremamente, carismáticos e peculiares e ainda estão muito vívidos em nossa memória (ainda mais porque crescemos os acompanhando na Sessão da Tarde), mas o aniversário de lançamento do filme de 1991 somado à mania de Hollywood em realizar remakes e reboots e aos recorrentes boatos ligados a um novo filme da franquia nos levou a imaginar o nosso elenco dos sonhos para uma nova produção de A Família Addams. Intrigado? Vamos lá! Afinal, tudo indica que um novo filme do universo é apenas questão de tempo:

Eva Green como Mortícia Addams

É difícil desassociar a imagem da Mortícia Addams de Anjelica Huston das nossas mentes, mas, quando pensamos em Eva Green, a tarefa fica um pouco mais fácil. A talentosa atriz francesa possui um visual bem marcante e característico, com seus olhos verdes penetrantes, pele extremamente pálida e cabelos pretos, e, mais recentemente, tem trabalhado nos filmes de Tim BurtonSombras da Noite e O Lar das Crianças Peculiares –, o que só agrava a aura gótica ao redor dela.

Precisamos mencionar ainda Vanessa Ives, a sombria personagem que Green interpreta na série Penny Dreadful? Nenhuma atriz em alta hoje em dia se encaixaria tão bem como Mortícia; nem mesmo Christina Ricci, que vive Vandinha Addams no filme de 1991. e é apontada por alguns fãs como a possível matriarca da família em um vindouro remake/reboot. 

Javier Bardem como Gomez Addams

Essa escalação seria um tanto épica, não? E algo nos diz que a possibilidade de viver Gomes Addams intrigaria bastante o ator Javier Bardem, que poderia acabar concordando em interpretá-lo em um remake ou reboot pelo desafio criativo. Hoje em dia, Bardem é um dos principais pesos pesados do cinema, navegando pela indústria hollywoodiana e europeia, mas ele não é estranho a papéis peculiares, a exemplo do seu trabalho em Onde os Fracos Não Têm Vez, em que dá vida ao psicopata Anton Chigurh e foi premiado pelo Oscar por isso. Não existe alguém tão talentoso, com um visual tão peculiar e com ascendência espanhola tão ideal para viver Gomez como Bardem!

Jack Black como Tio Chico

Christopher Lloyd é um baita de um nome para se substituir. O veterano e hilário ator encarnou Fester Addams, ou o Tio Chico, nos filmes originais de forma épica – é até difícil reconhecê-lo na caracterização. Logo, seguimos a mesma premissa e escolhemos um comediante de peso (e com cabelo) para sofrer uma grande transformação e dar vida a outro Tio Fester memorável. Mas não bastava ser um comediante qualquer. Ele precisava ter um talento nato para expressões faciais. Assim, Jack Black surgiu facilmente na jogada. O ator/músico norte-americano é tão carismático e querido como Lloyd e, sempre que surge com um novo filme, cria aquela sensação de que não o vemos com tanta frequência como gostaríamos. Black é um dos atores mais engraçados e aloprados na ativa em Hollywood e seria incrível vê-lo dando vida a sua versão do Tio Chico.

Carol Kane como Vovó Addams

Quem encarnou a Vovó Addams, uma típica bruxa sexagenária com um senso de humor cínico e mórbido, no filme original de 1991 foi a atriz Judith Malina, mas, para a continuação de 1993, a atriz escolhida foi Carol Kane, que está na ativa até hoje em dia. Como Kane ainda está atuando e possui um visual em sintonia com o da personagem que engarnou na década de 90, a escolhemos para reprisar o seu papel caso um remake ou reboot seja feito nos próximos anos. Enquanto isso, Kane pode ser vista em Unbreakable Kimmy Schmidt na pele de uma senhora um tanto lunática, hippie e descabelada, o que abre ainda mais margem para a ideia de que ela seria ideal na pele de Vovó Addams mais uma vez.

Ava Acres como Vandinha Addams

Christina Ricci é outra atriz que eternizou sua personagem em A Família Addams. A atriz tinha apenas onze anos de idade quando encarnou Vandinha Addamsno terceiro filme da sua recém-iniciada carreira, o que torna a escalação de uma atriz mirim hoje em dia especialmente difícil. Provavelmente, o nome da atriz escolhida será desconhecido para todos. Mas sabemos apenas que ela precisará ter um visual esquisitinho, como Ricci tinha aos onze anos. Com isso tudo em mente, escolhemos Ava Acres (Crazy Ex-Girlfriend, American Horror Story, Agentes da S.H.I.E.L.D.), atriz mirim de onze anos que tem ganhado cada vez mais espaço em séries e rouba a cena toda vez que aparece nos flashbacks da protagonista de Crazy Ex-Girlfriend!

Rico Rodriguez como Pugsley Addams

Ok, a gente sabe que Rico Rodriguez está bem crescidinho hoje em dia, mas é inevitável pensar no ator de Modern Family como Pugsley Addams. Afinal, ele é gordinho e adorável na pele de Manny na série que o levou à fama. Seria pedir demais que, na nova versão de A Família Addams, o personagem fosse um pouco mais velho?

Kristen Wigg como Abigail Craven

Convenhamos, seria cômico ver a talentosa Kristen Wiig na pele de Abigail Craven, a principal antagonista de A Família Addams. A personagem serve para mostrar que nem sempre porque uma pessoa tem uma aparência normativa isso implica que ela seja melhor do que pessoas consideradas esdrúxulas ou diferentes – uma bela de uma crítica a nossa sociedade. A personagem, também conhecida por Dr. Greta Pinder-Schloss, é uma pilantra/charlatona que daria muita margem para a veia cômica de Wiig.

Ty Burrell como Tully Afford

O segundo principal antagonista da história do filme original dos Addams é Tully Afford, o advogado da família que arquiteta um golpe com Abigail para conseguir pagar as dívidas que devia a ela. O vilão é vivido por Dan Hedaya no original, o que nos levou a pensar em Ty Burrell, o Phil de Modern Family, para o papel. Algo sobre a veia cômica atrapalhada de Burrell casa muito bem com a premissa do personagem.

Tilda Swinton como Tropeço

Tropeço (ou Lurch no original) não é um personagem qualquer. Ele foi criado para fazer uma alusão clara ao monstro de Frankenstein, então sua nova versão não pode ter um visual muito comum. Seria preciso um ator tão peculiar quanto Carel Struycken, dinamarquês que deu vida ao personagem nos longas dos anos 90, algo que Tilda Swinton conseguiria camuflar com uma bela de uma atuação. A atriz é tão versátil e andrógina que poderia pegar qualquer papel e tranaformá-lo em seu. Altura, magreza, estranheza e talento não faltam para a atriz dar vida a um Tropeço memorável.

Peter Dinklage como Primo It

Como não? Qual outro ator de estatura baixa faz tanto sucesso, nos dias atuais, como Peter Dinklage? A gente sabe que é bem improvável pagarem tão caro para ter um ator de peso como o britânico, que ficou conhecido internacionalmente na pele de Tyrion Lannister em Game of Thrones, escondido por trás dos longos pelos do personagem, mas, que seria sensacional, seria e já queremos essa escalação para agora.