X

Se liga nos 8 piores filmes com vampiros

A turma sanguessuga nem sempre se dá bem nos cinemas

Por Rafael Sanzio - 30 Nov 2016 às 13:28h

Com a estreia do filme Anjos da Noite – Guerras de Sangue, mesmo com algumas críticas positivas, a produção contém um passado não tão bom. E isso não é exclusividade deles, já que os vampiros são tão chamativos, e principalmente, de domínio público, que diversos estúdios estão sempre ávidos a colocá-los em suas produções. Confira nossa lista dos oito piores filmes com vampiros!

1. A Rainha dos Condenados (2002)

Lestat astro do rock e ao que parece uma rainha dos vampiros que inspirou a Magia de Esquadrão Suicida. Primeiro temos a chocante mudança de ator – chocante no sentido de discrepância de talento – deixando de lado Tom Cruise e ficando com Stuart Townsend. Além disso, efeitos especiais hilários e com um efeito de velocidade tosco. Fora a própria história que ficou pop demais.

2. Bloodrayne (2005)

Do mestre dos filmes de quinta categoria, Uwe Boll, e aparentemente uma adaptação de um jogo de videogame, a produção já é ruim pela péssima direção e direção de arte de série de TV – além de ter vampiros ao estilo Buffy – A Caça-Vampiros. O grande trunfo, e mistério para mim, é a proeza do diretor sempre ter algum ator conhecido em suas pífias produções – como ele consegue isso?!

3. Anjos da Noite (2006 e 2012)

O segundo filme e o quarto ficam empatados, apesar do que é realmente ruim são as caracterizações dos lobisomens no filme. Aqui temos os vampiros modernos com uma pegada cheia de ação. O primeiro teve uma premissa bacana e trouxe algo diferente, contudo, ao se transformar em uma franquia ele pegou a síndrome do que aconteceu com Resident Evil. Cada vez mais se perdendo e focando mais e mais na ação, deixando a trama cada vez mais rasa ou clichê.

4. Blade Trinity (2005)

Esse foi triste, principalmente depois de ter vindo de um excelente Blade II dirigido por Guillermo del Toro. Só que os erros nesse foram gritantes, desde o elenco de apoio nada interessante quanto aos vilões igualmente sem graça. E o fato do Drácula ter virado o marombeiro Dominic Purcell não ajudou em nada.

5. Drácula 2000 (2000)

Gerard Butler vive o vampiro que é despertado no ano de 2000. Só quem se salva nessa produção meia-boca é o ator Christopher Plummer.

6. Academia de Vampiros: O Beijo das Sombras (2014)

Vamos para algo mais novo, ok? Que tal um filme de vampiros que mistura Garotas Malvadas e Harry Potter? Yeah, tem algo do gênero. Baseado em mais um daqueles livros que romantizam para adolescentes as criaturas das sombras, essa Academia de Vampiros peca principalmente pela falta de originalidade, se segurando em coisas que já vimos em outras franquias.

7. Procura-se Rapaz Virgem (1985)

Há quem goste de Jim Carrey, eu incluso, mas esse filme só entregou os mesmos maneirismos do ator, e com uma história de vampiros bem ridícula – e uma vampira que mordia suas vítimas na virilha!

8. A Saga Crepúsculo (2008, 2009, 2010, 2011, 2012)

Achou mesmo que iríamos deixar passar essa oportunidade? Vampiros sem presas e que brilham no sol. Atuações cheias de falta de ar e uma trama que envolve um relacionamento entre uma humana e um vampiro – e que resulta em uma gravidez! E ainda por cima gera um bebê muito esquisito em CGI – um meio vampiro, mas de longe bem diferente do que Blade já foi.

Quem ficou de fora: O Beijo do Vampiro com Nicolas Cage proporcionou o famoso meme do ator! Um Vampiro no Brooklin conta com Eddie Murphy como o vilão vampiro e tem uma pegada até mesmo mais séria do que uma comédia – e possui a direção do veterano Wes Craven. Matadores de Vampiras Lésbicas, uns dizem que foi uma paródia outros dizem que eles tentaram ser bem engraçados e não conseguiram – fique na dúvida.