X

7 filmes sul-coreanos que você deveria ver agora

Desde os famosos filmes de terror aos dramas mais intensos

Por Rafael Sanzio - 07 Jan 2017 às 11:42h

O impacto de culturas diferentes através de filmes podem causar reações diversas, duas delas são os típicos opostos: por um lado, o público acha a produção horrível, por outro, o público encontra as qualidades do filme mesmo com as discrepâncias culturais e línguas bem diferentes. Não é à toa que Hollywood insiste em fazer remakes de produções orientais – seja porque viram potencial de mercado ou simplesmente porque acreditam que seu público não suporta ver filmes legendados. Os filmes sul-coreanos vêm ganhando destaque, tanto por produções de terror como grandes filmes históricos e de ação. Com base nessa qualidade e diferencial das produções orientais, selecionamos alguns filmes que você deveria dar uma chance - isso se você fizer parte do segundo tipo de impacto.

Invasão Zumbi

Começando por uma produção recente e que está fazendo sucesso. Dirigido por Sang-ho Yeon, a história mostra um pai egoísta tendo que aprender a sobreviver e proteger sua filha em meio a uma epidemia de zumbis na Coréia do Sul. O filme agrada tanto pela familiaridade com o gênero norte-americano como com seus toques originais em cenas e sequências. (Leia a nossa crítica aqui).

O Hospedeiro

Dirigido por Joon-ho Bong, que pelo seu sucesso dirigiu o filme Expresso do Amanhã para Hollywood, o filme traz uma história diferente das habituais produções de monstro. Acredito que a Coréia do Sul não embarque nos filmes com monstros gigantes e trouxe, através de Bong, uma excelente modernização do gênero. Há sim suas licenças poéticas em termos de transpor a realidade, como achar que despejar produtos químicos iria gerar algo tão nocivo e monstruoso – mas quem sabe? A despeito das atuações, e ainda a falta de uma violência explícita, é bacana como o monstro vai sendo apresentado e como a família principal vai se encaminhando para o confronto inevitável.

Oldboy

Continuando com as produções sul-coreanas, mas agora saindo do gênero horror, temos o thriller de ação e psicológico Oldboy, de Park Chan-wook. O filme é excelente e prende você na poltrona, à medida que o personagem Dae-Su vai tentando descobrir porque foi raptado e mantido em cativeiro por 15 anos. Um homem comum que libera sua raiva para tentar vencer seus inimigos. Com uma reviravolta chocante e uma sequência de luta em um corredor que foi homenageada várias vezes, entre essas vezes, na série Demolidor.

Os Invencíveis

E se os sul-coreanos resolvessem fazer um faroeste? Jee-woon Kim fez e o resultado se caracterizou como algo que chega ao nível dos westerns norte-americanos – só que com o humor oriental e o acréscimo de lutas com coreografias mais realistas do que foi o divertido, mas sem emoção Bater ou Correr com Jackie Chan.

Shiri - Missão Terrorista

O filme vale por sua importância em ser a primeira produção sul-coreana com o orçamento de um filme de Hollywood, se espelhando nos filmes de ação da década de 80 dos EUA. É engraçado ver Min-sik Choi (Old Boy) novinho.

O Lamento

Voltando para os filmes recentes, também sul-coreano, temos esse suspense de horror dirigido por Hong-jin Na. O trailer consegue a proeza de não entregar nada essencial da trama, mas seu clima é imposto. Não se engane com a cara cômica do policial, a história é pesada e envolvente em suas duas horas e meia de filme. Só não vá esperando um Invasão Zumbi, aqui é um horror com uma proposta bem diferente – como já foi comparado a uma trama de Stephen King oriental.

Expresso do Amanhã

Apesar de conter atores de Hollywood, o filme tem como diretor Joon-ho Bong e é uma parceria entre a República Checa, Coréia do Sul, EUA e França – então dá para contar como filme oriental, principalmente porque se você assistir vai notar todos os maneirismos e encaminhamento da trama típicos de uma direção oriental, só que com atores diversos. Mesmo porque ele é baseado em uma graphic novel francesa... então eu realmente quis mencioná-lo.