X

10 contatos com alienígenas que deram muito errado

O sci-fi Vida chegará aos cinemas com a ajuda de vários percursores épicos

Por Carla Braga - 23 Mar 2017 às 15:30h

Ficções científicas sobre alienígenas costumam, de forma ainda mais agravada em Hollywood, retratar nossos colegas de universo de forma hostil. Encontros entre a raça humana e as demais (marciana ou não) resultam, com frequência, em acontecimentos estrondosos no mundo cinematográfico, com o próximo exemplo disso sendo Vida, longa que chegará aos cinemas nacionais no mês que vem. Nesse espírito, compilamos dez outros filmes já lançados, em que a desgraça corre solta após estabelecido o primeiro contato de terráqueos com extraterrestres – seja para o nosso lado ou para os deles.

1. Alien (1979)

Histórias de primeiros contatos com extraterrestres não conseguem ficar mais traumáticas do que a do clássico Alien, de Ridley Scott. Aqui, a espécie humana é quem, tecnicamente, é a alienígena, já que os protagonistas entram em outro planeta e iniciam a saga de eventos; e eles pagam o preço disso quando a nave deles é comprometida da forma mais assustadora possível (envolvendo a cabeça de um deles). Em Alien, não há tentativa de se comunicar com o alienígena. Pelo contrário, o longa estabelece uma daquelas situações, em que é matar ou morrer, forçando a personagem de Sigourney Weaver e os demais a imergirem em uma batalha mortal até o último homem (ou alien) permanecer em pé.

2. O Homem Que Caiu na Terra (1976)

Em O Homem Que Caiu na Terra, o contato dá errado para o alienígena humanoide, interpretado por David Bowie, e não para os humanos, que acabam o prendendo em uma instituição governamental para uma série de intermináveis testes após ele chegar ao nosso planeta para levar água de volta ao dele, onde ocorre uma seca catastrófica. Ele acaba escapando do cativeiro, mas quando já é tarde demais e permanece por aqui alcoólatra e depressivo.

3. Distrito 9 (2009)

A estreia de Neill Blomkamp na direção de um longa-metragem, Distrito 9 é, além de um favorito pessoal, uma adição bem-vinda ao universo de filmes sobre contatos com alienígenas, que deram errado. Aqui, os aliens não chegam com vantagem, mas definhando de fome e são recebidos pelos terráqueos apenas para serem enclausurados e segregados em favelas durante décadas em uma alusão clara ao Apartheid da África do Sul, país natal de Blomkamp e onde a trama se desenrola, e à segregação e intolerância, que ainda acometem várias regiões do planeta.

4. O Predador (1987)

Um dos filmes de ficção científica com aliens mais conhecidos até hoje, O Predador, que ganhará um reboot no ano que vem, introduziu várias continuações e uma raça alienígena assustadora, que se tornou uma das mais reconhecíveis do entretenimento. Na trama da produção, um grupo de soldados, Arnold Schwarzenegger incluso com toda sua glória dos anos 80, enfrenta um alien mortal, com habilidades de caça incríveis, nas matas da América do Sul. Aqui, também não há tempo e nem motivação para estabelecer-se um diálogo com a criatura, e o primeiro contato já envolve tiros para todos os lados.

5. Sob a Pele (2013)

Em uma pegada bastante diferente de ficções científicas de aliens, Sob a Pele apresenta Scarlett Johansson como uma predadora alienígena sexual na Escócia – contrariando o senso comum do homem neste papel. A produção investe muito mais nos seus visuais artísticos do que nos diálogos, cria visuais cheios de estilo, como os que mostram a protagonista atraindo homens para um abismo escuro, e serve de escopo para uma das performances mais memoráveis da carreira da atriz. O final ainda cria uma reviravolta trágica, que reverte a figura de predador sexual para o sexo masculino e cria o momento estilístico mais lindo do longa.

6. A Guerra dos Mundos (1953)

Esqueça a versão de 2005 com Tom Cruise, A Guerra dos Mundos, o original, é um dos sci-fis mais emblemáticos até os dias atuais. Relocando a trama do livro de H.G. Wells, ambientado na era Vitoriana, em que se inspira para o sul da Califórnia na década de 50, o filme utiliza filmagens reais da 2ª Guerra Mundial para as cenas de destruição em massa, fazendo um comentário acerca da Guerra Fria e nuclear, que acontecia na época em que o filme foi lançado. Na trama, o primeiro contato entre os aliens, que são marcianos, com os humanos já é hostil, resultando na morte dos atendentes de uma festa e no desligamento da tecnologia da cidade. Os marcianos acabam avançando até Los Angeles e forçando os humanos a viverem em ambientes selvagens, até que uma grande descoberta seja feita nos momentos finais da trama.

7. Marte Ataca! (1996)

Na comédia de ficção científica Marte Ataca!, de Tim Burton, uma nave marciana explode a caminho do planeta e acaba caindo na Terra, o que leva outras naves marcianas a chegarem por aqui. Cientistas norte-americanos marcam uma reunião para o primeiro contato entre raças, que acaba dando muito errado devido a um erro de comunicação. Daí por diante, é só desgraça depois de desgraça retratadas das formas mais nonsense possíveis.

8. O Enigma de Outro Mundo (1982)

O thriller O Enigma de Outro Mundo, de John Carpenter, eleva a tensão ao introduzir um alien, que consegue mudar de forma. Assim, uma equipe de cientistas norte-americanos em um centro de pesquisa situado na Antártica é perseguida por uma criatura capaz de assumir a identidade de qualquer um deles. Dá para imaginar que esse contato não é nenhum pouco positivo, mas será que algum dos cientistas consegue escapar do extraterrestre?

9. Independence Day (1996)

O sci-fi de ação Independence Day já começa uma mega invasão alienígena na Terra, em que naves aliens se posicionam sobre importantes edifícios das grandes metrópoles do mundo. Aqui, também não há tentativa de comunicação da parte dos extraterrestres pelo menos, que só querem saber de destruir o planeta para dominá-lo de uma vez por todas. Como o longa estrelado por Will Smith é um blockbuster, dá para imaginar o tom do final deste filme, mas, mesmo assim, ele só chega depois de muita destruição.

10. Ataque ao Prédio (2011)

Provavelmente, o filme menos conhecido e que se leva menos a sério (ao lado de Marte Ataca!) desta lista, Ataque ao Prédio é um sci-fi cômico britânico, que homenageia thrillers de ficção científica dos anos 80, como os de John Carpenter. No longa, um meteorito cai na parte sul de Londres trazendo consigo um alienígena. O lado hostil da história, inicialmente, é o humano, já que os protagonistas perseguem e matam o alien. Mas os personagens principais acabam percebendo que os amigos da sua vítima são bem maiores, parecidos com gorilas e que querem o corpo do extraterrestre morto de volta a todo custo.