X

Os 10 melhores filmes de ficção científica para adolescentes

Porque o sci-fi possui várias ramificações e possibilidades diferentes

Por Carla Braga - 29 Mar 2017 às 11:57h

Como qualquer gênero cinematográfico hoje em dia, a ficção científica possui diversas ramificações e subgêneros, como o sci-fi adolescente, romântico e de aventura O Espaço Entre Nós, estrelado por Asa Butterfield, deixa claro. O longa chega aos cinemas nacionais no dia 30 de março com uma premissa interessante: um jovem nascido em Marte decide passar por uma cirurgia super arriscada para aumentar sua densidade óssea e poder conhecer uma garota, que mora no Colorado, estado norte-americano, e ter a experiência de viver na Terra. Mas a produção não é a primeira a fundir ficção científica com temáticas teens para atingir o público adolescente – logo abaixo seguem os melhores exemplos disso!

1. Donnie Darko

Um cult clássico para todas as gerações, Donnie Darko serve quase como um ritual de iniciação à ficção científica para a maior parte dos adolescentes desde o seu lançamento em 2001. Ambientado nos anos 80 com um Jake Gyllenhaal bem novinho na pele do protagonista-título, o thriller/sci-fi narra a saga de um adolescente atormentado pela visão de um coelho humanoide aterrorizante, que, após salvar a sua vida, profetiza que o mundo irá acabar em 28 dias e o induz a cometer uma série de atos criminosos. A trama ainda aborda situações típicas da vida teen apenas para mostrar Donnie se rebelando contra elas.   

2. Jogos Vorazes

Uma lista sobre ficções científicas adolescentes não poderia existir sem a presença de histórias Young Adults (YA) distópicas; e Jogos Vorazes é o carro-chefe delas. Assim como Donnie Darko, esta franquia é responsável por apresentar a ficção científica para boa parte da geração teen atual. Estrelados por Jennifer Lawrence na pele de Katniss Everdeen, os filmes são baseados nos livros de Suzanne Collins e criam um universo distópico pós-apocalíptico situado nas ruinas de onde a América do Norte existiu e que força cada um dos seus doze distritos a mandar um adolescente, entre as idades de 12 e 18 anos, para competir todos os anos nos Jogos Vorazes – um evento televisionado, em que os "tributos” lutam entre si até que só reste um deles.

3. X-Men: Apocalipse

Se existe uma coisa que adolescentes detestam é ser diferente. A franquia X-Men leva essa premissa ao extremo ao mostrar teens mutantes, que possuem capacidades especiais nem sempre camufláveis, perseguidos e considerados um risco à humanidade por isso! Mas os filmes da franquia, assim como o mais atual deles, X-Men: Apocalipse, que apresenta um elenco novo na pele de adolescentes, como Sophie Turner como Jean Grey, Kodi Smit-McPhee como Noturno e Lucas Till como um jovem Destrutor, mostram que um grupo de excluídos pode se tornar incrível e isento de represálias quando unido e que ser diferente pode nos ajudar a atingir todo o nosso potencial.

4. De Volta para o Futuro

Em De Volta para o Futuro, o primeiro filme da trilogia, Marty McFly (Michael J. Fox) é apenas um humilde adolescente de dezessete anos com o sonho de se tornar uma estrela do rock. Essa conjectura precisa ser colocada em pausa, no entanto, quando ele volta no tempo até 1955 e conhece seus futuros pais ainda no ensino médio e, acidentalmente, faz com que sua futura mãe fique interessada por ele! Toda uma saga começa a partir disso na tentativa de fazer com que seus pais se apaixonem, garantindo sua existência, e obtendo a ajuda do excêntrico Dr. Emmett Brown (Christopher Lloyd) para tentar voltar para 1985 – o seu ano de origem. Tudo bem, este longa já tem mais de trinta anos nas costas, mas, se você superar o seu preconceito inicial com filmes antigos, é praticamente garantido se divertir com ele.

5. Ender's Game - O Jogo do Exterminador

Também estrelado por Asa Butterfield, que está com a sua carreira a todo gás, Ender's Game - O Jogo do Exterminador é um sci-fi de ação baseada no livro de mesmo nome de Orson Scott Card e narra a saga de um menino tímido, mas brilhante levado para a Escola de Combate, na órbita da Terra, para liderar o combate contra os Formics, raça alienígena que quase aniquilou a humanidade em uma invasão anterior. O filme mostra que até mesmo uma criança (mais para pré-adolescente) possui potencial para salvar os seres humanos e ainda consegue dialogar com as mentes adultas mais criativas.

6. Avatar

Avatar, a famosa ficção científica de James Cameron, cuja prometida continuação parece que não vai chegar nunca, pode não possuir adolescentes como protagonistas, mas se comunica bem melhor com eles do que com adultos. O longa possui tudo o que um teen pode querer de um sci-fi de aventura: visuais incríveis, muita ação e uma história de amor envolvente. Inclusive, quem é mais velho saca logo que o filme possui um roteiro praticamente igual ao de Pocahontas e O Último Samurai, por exemplo. Logo, as chances de agradar uma audiência mais nova, que não se preocupa geralmente com isso, aumentam consideravelmente.

7. Ataque ao Prédio

Mencionado anteriormente pelo Fique Ligado em 10 contatos com alienígenas que deram muito errado, Ataque ao Prédio é um sci-fi de comédia e ação independente britânico, que ganhou uma popularidade significativa e críticas positivas quando lançado em 2011. Na sua trama, situada no sul de Londres, uma gangue de rua formada por adolescentes persegue e mata um alienígena e precisa, então, defender-se de diversos outros predadores extraterrestres, que começam a segui-la. A comédia é uma daquelas raras, que surgem em quantidade bem abaixo do que gostaríamos. Então vamos valorizá-las!

8. Maze Runner: Correr ou Morrer

Outro exemplo de YA distópico, Maze Runner: Correr ou Morrer (assim como sua continuação) não é tão bom quanto os filmes da franquia Jogos Vorazes, mas chega perto – façanha difícil de ser realizada, a série Divergente que o diga. Na trama, o adolescente Thomas (Dylan O'Brien) é colocado em uma comunidade para garotos após a sua memória ser apagada para aprender, em seguida, que está preso com eles em um labirinto gigante, que demandará que ele some forças a outros corredores para tentar escapar de lá. O que eleva a qualidade deste filme é o fato de todo o mistério em volta do local e do porquê deles estarem ali ser muito bem construído!

9. Super 8

Nesta aventura sci-fi de J.J. Abrams ambientada em 1979, elogiada pela crítica, recheada de elementos nostálgicos, efeitos visuais e trilha sonora bem feitos e performances marcantes, principalmente de Elle Fanning e Joel Courtney, um grupo de pré-adolescentes descobre que um alienígena chegou na cidade deles nos anos 50 e está escondido pelo governo norte-americano, onde é submetido a testes desde então, e decide recuperar a criatura, imergindo em uma saga envolvente e muito bem bolada. A atmosfera e temática deste longa são comparadas as de outros filmes infanto-juvenis clássicos, como Os Goonies e E.T. – O Extraterrestre. 

10. Poder Sem Limites

No thriller de sci-fi Poder Sem Limites, três estudantes do ensino médio ganham superpoderes após entrarem em contato com um objeto desconhecido e passam a tirar proveito pessoal desses atributos até que um deles decide empregá-los em fins obscuros, colocando sua vida a e a dos demais em risco. O longa é gravado a partir da perspectiva de vários dispositivos de gravação de vídeo e conta com um aterrorizante Dane DeHaan na pele do jovem mais problemático. Com uma trama e visual bem sombrios, o longa atinge, além da faixa etária teen, a adulta também.