X

As 10 cenas fake de nude mais realistas do entretenimento

Matéria proibida para menores de idade!

Por Carla Braga - 11 Abr 2017 às 16:55h

Hoje em dia, é difícil identificar com exatidão quando estamos vendo uma filmagem real e quando estamos conferindo algo criado com efeitos digitiais. Amparados por isso, muitos produtores em Hollywood não veem problema algum em nos enganar em vários momentos, incluindo cenas de nudez, quando os atores não se sentem confortáveis com as cenas ou quando eles até topam, mas a produção não! Com isso em mente, elencamos os dez momentos em que melhor fomos enganados, achando que estávamos vendo um ator conhecido como ele veio ao mundo, mas na realidade não. 

1. Lena Headey em Game of Thrones

A cena mais recente e mais fake desta lista a inaura! Os fãs de Game of Thrones jamais esquecerão o emblemático momento em que Cersei Lannister, vilanesca personagem de Lena Headey na série, é obrigada a realizar a caminhada da vergonha. Mas o que poucas pessoas notaram na época é que o programa, conhecido pelas suas cenas de nu explícito, optou por substituir o corpo da atriz por o de uma dublê digitalmente para a sequência em questão. Como GoT também é conhecido pelos seus efeitos impecáveis, a decisão passou despercebida pela maior parte do público! Segundo Heady, ela optou por não aparecer nua porque queria focar nas emoções, que sua personagem enfrentaria no processo, e não no fato de estar expondo seu corpo para todo mundo.

2. Angelina Jolie em O Procurado

Apesar da cena de nudez de Angelina Jolie em O Procurado ter sido de costas, o que facilita a utilização de uma dublê, poucas pessoas perceberam que isso aconteceu na época graças a uma edição inteligente e efeitos bem feitos. Na sequência em que todos achavam terem visto a atriz nua, ela sai de um banho e fala de costas com o personagem de James McAvoy enquanto se enrola em uma toalha e revela costas todas tatuadas. Mas, na realidade, não era ela! Ninguém sabe, no entanto, se a decisão para isso foi dela ou dos produtores do filme.

3. Gwyneth Paltrow em O Amor é Cego

Em um filme sobre beleza interior, Gwyneth Paltrow, a própria protagonista da trama, não se sentiu segura o suficiente para uma cena nude - isso diz muito sobre os padrões e demandas de beleza da nossa sociedade! Na comédia O Amor é Cego, o personagem de Jack Black, que fique claro que não chega nem perto de ser um galã, recebe o poder de enxergar as mulheres pelo o que elas são por dentro e acaba se apaixonando pela personagem de Paltrow, uma mulher obesa, mas que ele enxerga magra. No momento em que a versão magra da personagem tira a roupa, no entanto, não é o verdadeiro corpo da atriz que aparece; ela não se sentiu confortável o suficente e requisitou uma dublê.

4. Natalie Portman em Sua Alteza?

A cena em questão de Natalie Portman na comédia medieval Sua Alteza? não é, inteiramente, um nude, mas chega perto disso. A atriz surge com um biquíni de fio dental perto de um lago e, apesar de boa parte da filmagem ter sido com ela, o momento em que a personagem da atriz aparece de costas para pular na água é um grande fake - uma dublê foi utilizada. O motivo? Portman não queria mergulhar na água gelada, mas estava tranquila em relação a mostrar o corpo.

5. Charlotte Gainsbourg em Ninfomaníaca

Pasmem, mas um dos filmes sobre sexo mais explícitos e controversos da última década também se utilizou de dublês e CGI para criar suas cenas nude - decpcionante ou esperado? Você decide. De todo jeito, no intuito de realizar sequências em que sexo de verdade estivessem acontecendo, não apenas nudez, Lars Von Trier utilizou um mix de dublês (com atores pornô) e efeitos especiais para criar cenas realistas de sexo em Ninfomaníaca; a exemplo da cabeça de Gainsbourg ter sido colocada digitalmente no corpo de uma atriz pornô, que realizou sexo em frente às câmeras do cineasta, em diversas cenas.

6. Keira Knightley em Domino: A Caçadora de Recompensas

Apesar de já ter aparecido nua em outros filme e de não possuir um problema com isso geralmente, mostrar o bumbum foi demais para Keira Knightley, que já avisou que não gosta do seu e por isso optou por uma dublê na cena de pole dance de  Domino: A Caçadora de Recompensas. A própria atriz esclareceu que a cena é fake quando disse “É definitivamente uma dublê. Que bunda! Eu queria ter aquela bunda. É fantástica”.

7. Isla Fisher em Penetras Bons de Bico

A cena, provavelmente, mais engraçada desta lista é também um baita de um fake. Em Penetras Bons de Bico, a personagem ninfomaníaca de Isla Fisher acorda o de Vice Vaughn esfregando os peitos no rosto dele para o choque dele e da audiência, mas a atriz pediu uma dublê para a sequência. Em uma das poucas explicações coerentes sobre o assunto, Fisher disse o seguinte: “Eu sinto que, se você tem uma personagem engraçada e aí vê os mamilos dela, ela não será mais engraçada, o que é claramente errado [mas o que acontece]”. O problema é que todo mundo achou que eram os seios dela até a explicação chegar.

8. Vera Farmiga em Amor Sem Escalas

Apesar da edição ter feito um trabalho bastante convincente em Amor Sem Escalas, não é o verdadeiro corpo de Vera Farmiga que vemos na sequência em que vemos a personagem dela em um momento íntimo com o de George Clooney - mas sim o de uma dublê. A própria atriz escolheu quem a substituiria para a produção, pois tinha acabado de ter um filho e não se sentia preparada a árdua tarefa de aparecer nua em frente às câmeras e ser julgada pela audiência.

9. Frieda Pinto em Imortais

Como Imortais passou longe de ser um sucesso de bilheteria e crítica, este exemplo aqui não deve ser um choque. De qualquer forma, saiba que Frieda Pinto, que você com certeza conhece de Quem Quer Ser um Milionário?, sentiu-se aliviada por não ter se preocupado em mostrar o bumbum nas telonas, já que chamaram uma dublê para a cena em que sua personagem se aproxima de Henry Cavill e solta um roupão para ficar nua.

10. Leslie Mann em Eu Queria Ter a Sua Vida

Aqui, não houve apenas uma cena nude de mentirinha, mas três! Além do fato dos mamilos de Olivia Wilde terem sido adicionados digitalmente na pós-produção na cena em que aparece no colo do personagem de Ryan Reynolds, Leslie Mann nos enganou em dois momentos diferentes. Tanto no momento em que a atriz surge com os seios à mostra amamentando o filho e quando ela anda, na sequência mais engraçada do filme, pelada até o banheiro ao som de um rock glam dos anos 80 apenas para desmistificar tudo quando senta no vaso sanitário, foram-se utilizados efeitos digitais para colocar o rosto dela no corpo de uma dublê.