Negócios

Como as indústrias fazem a pesagem de grãos?

É muito importante o uso das balanças industriais no setor industrial brasileiro, tendo em vista que elas permitem que os grãos sejam devidamente pesados desde seu recolhimento, ensacamento e o seu transporte

Pesagem de grãos

Quem vê a indústria progredindo dia a dia nem imagina como tudo já foi mais complexo em anos passados. Não estamos assim tão distantes de uma época onde tudo era mais lento e mais trabalhoso, principalmente quando falamos de grãos, desde cultivar e colher, transportar e vender. 

Tudo tinha que ser feio em pequena quantidade, principalmente se comparado aos dias de hoje onde a produção é gigantesca em todos os aspectos.  

Mesmo se tudo pudesse ser colhido em grandes quantidades, de nada adiantaria se não fosse possível a pesagem apropriada dos grãos antes de levá-los ao seu destino. E hoje conseguimos chegar nesse setor.

Algumas pessoas acham que hoje a tecnologia do agro se limita às colheitadeiras e tratores, quando na verdade é preciso modernidade em todas as etapas. Isso porque, em todo momento, todo o processo requer precisão e velocidade ao mesmo tempo.

Tudo tem que acontecer de forma rápida e dinâmica, mas ao mesmo tempo tem que acontecer com a maior precisão possível. Então, se pensarmos em nível de tecnologia, pensar que existem balanças que conseguem fazer isso, chegamos à conclusão que elas são equipamentos bem complexos.

Mas afinal de contas, como isso é feito? Falaremos sobre esse assunto para que você entenda um pouco sobre a pesagem de grãos. Confira!

Diferença entre balança comercial e industrial

A primeira coisa que precisamos abordar, é a diferença entre balança industrial e balança comercial. Algumas pessoas acham que elas são iguais, mas na verdade são bem diferentes.  

As balanças comuns que vemos em padarias, supermercados e afins são feitas para pesagens de produtos leves, de poucos quilos. Basicamente, elas são feitas para serem dinâmicas e já apresentarem o preço do produto.

As balanças comuns são muito úteis e bastante avançadas, mas são feitas para produtos finais que são entregues diretamente ao consumidor. Já as balanças industriais são geralmente usadas por empresas B2B que vendem para outras empresas. 

E quando o assunto é balança para grãos, isso não é muito diferente. A questão é que cada balança industrial é única, já que ela trabalha com diferentes tipos de materiais, o que pode exigir dela um funcionamento específico para aquele produto. Esse é o caso das balanças que trabalham com grãos, por se tratar de um produto complicado e pequeno, mas em imensas quantidades.

Então, podemos dizer que enquanto as balanças comerciais ou comuns servem para fazer um trabalho rápido e entregar o produto pronto para o cliente, as balanças industriais têm a função de ajudar no trabalho de produção de algo, que ainda vai passar por outras mãos.

Mas afinal, como é feita a pesagem?

A primeira coisa que temos que ter em mente é que não existe apenas um tipo de sistema de pesagem para grãos. Na verdade, cada empresa acaba usando a mais indicada para o seu negócio, de acordo com a necessidade e também do volume de produção.

Como cada empresa tem um tamanho, um orçamento e um lucro diferente, não faria sentido que todos usassem o mesmo tipo de balança, não é mesmo?

Podemos usar como exemplo um sistema que utiliza células de carga, que servem para um controle maior sobre o produto. Balanças como essa constituem passar dados de produção em tempo real, que ajudam a empresa a fazer o controle das quantidades, não deixando que nada que seja ensacado tenha quantidade errada. 

Isso é importante porque, mais do que simplesmente apesar dos grãos, as balanças modernas têm também que auxiliar para que o processo seja sempre dinâmico e exato. É o que costuma acontecer quando o assunto é indústria, onde o diferencial de todo produto é oferecer uma solução mais eficiente para o problema. 

Existem ainda algumas balanças que trabalham no estilo “a granel”, que são muito  usadas no carregamento e descarregamento de grãos que estão vindo ou indo para caminhões, vagões e até mesmo navios. 

O Brasil é um grande exportador de grãos para o mundo afora, fazendo com que esse seja um tipo de balança extremamente necessário no mundo da indústria. 

Esse tipo de balança consegue calcular e indicar também, desde o total até mesmo o fluxo dos grãos que foram entrando nela, inclusive sendo usada para pesar alguns líquidos, como óleo, mel, álcool, entre outros. 

Como esse tipo de transporte muitas vezes vem de muito longe, não existe margem para erros, e essas balanças precisam trabalhar rápido e também de forma extremamente precisa.  

Em resumo, é muito importante o uso das balanças industriais no setor industrial brasileiro, tendo em vista que elas permitem que os grãos sejam devidamente pesados desde seu recolhimento, ensacamento e o seu transporte. 

Isso mostra que o seu uso é necessário várias vezes durante todo o processo, antes mesmo de chegar na parte comercial, e depois ser entregue ao consumidor final. Portanto, essa é uma longa jornada de pesagens, que o consumidor muitas vezes nem imagina que existe.

Outros conteúdos que você vai gostar